Quem me segue nas redes sociais viu que na semana passada eu participei do Meeting da Moda do SEBRAE/RS, um evento muito bacana que teve o objetivo de apresentar o que está sendo produzido de moda aqui no estado aos lojistas e imprensa convidada.

unnamed

Fiquei muito feliz de ter feito parte desse encontro, superbem organizado e fundamental para valorizar os nossos profissionais e nos fazer ter uma outra visão do momento difícil que o nosso país tá passando e não nos deixar perder as esperanças.

IMG_7786

O Meeting da Moda contou com palestras e um painel que discutiram o atual cenário econômico, estratégias e ações que devem ser tomadas para superar o momento ruim pelo qual estamos passando. Além disso, dois desfiles apresentaram as apostas das marcas gaúchas para a primavera/verão 2016. O auditório do Teatro do Bourbon Country estava lotado de empresários e profissionais ligados à moda de todo o estado que prestigiaram e aprenderam muito numa tarde de conhecimento e troca.

DSC_0229

Nas palestras um aspecto comum foi destacado em todas, as marcas que querem se diferenciar no mercado atual, onde reinam as fast fashions, tem que estar sempre pesquisando e inovando. E isso vale não só para a indústria, mas para todos profissionais, ligados ou não à moda.

O especialista em marketing de moda, Silvio Chaddad, por exemplo, acredita que a saída é focar no que é relevante e agir, ao invés de ficar se queixando. Para ele, agilidade, velocidade e coragem são características fundamentais para que se consiga vencer esse momento de incertezas. E com a mudança de consumo, as pessoas estão comprando menos e melhor, por isso, segundo Chaddad o foco deve ser produzir produtos que tenham qualidade bacana, um design legal, preço acessível e sejam um luxo ao alcance de todos. Uma das frases que ele citou que mais me marcou foi: “Supere a si mesmo para não ser superado”.

O empresário Eduardo Tevah deu uma aula de como vender e construir uma trajetória de sucesso. Numa palestra sensacional e supermotivacional, Tevah falou sobre a sua experiência de décadas no mercado da moda e deixou a maior lição para a indústria e o varejo: o foco é o ser humano, não as vendas. “Faça hoje o que a maioria não faz para ter amanhã o que a maioria não tem”, ensinou.

Outro ponto alto da tarde foi a palestra da blogger e escritora Cris Guerra, do Hoje Vou Assim, que contou a sua história de vida e sua trajetória na moda com o blog e deu um show de inspiração, emocionando a todos e deixando a lição de que é nos momentos mais difíceis que surgem as maiores oportunidades.

Os desfiles foram um show à parte, mostrando todo talento que a moda gaúcha tem. Fiquei cheia de orgulho ao ver que o trabalho produzido aqui tá no mesmo nível que o de grandes marcas nacionais. Entre as tendências apresentadas na passarela, selecionei as principais pra vocês saberem o que vai bombar nessa primavera/verão:

  • Maxi coletes
  • Chapéus
  • Assimetrias
  • Fendas
  • Saias e vestidos longos
  • Franjas
  • Camurça
  • Peplum
  • Capas
  • Pantacourt
  • Decotes
  • Laços
  • Macacão e macaquinho
  • Modelagem em “A” para blusas e vestidos
  • Calça pijama
  • Tricô
  • Microshorts
  • Flare
  • Jeans estonados
  • Pantalona
  • Prints étnicos
  • Babados
  • Cintura marcada
  • Cropped
  • Fluidez
  • Maxiacessórios
  • Open boot
  • Tamancos

DSC_0241DSC_0239DSC_0238

As marcas desfiladas foram: Almie, Andrea Mader, Dap Dem, Carolina Potrich, Julianna Fraccaro, Tonia Duarte, Joy, Santo Forte, Ana Rosa, Djeine Modas, Feito Flor, SB Jeans, D’Passeio, Aequivalere, Fran Hermoza, Unique e Bethina Toigo.

A ideia do SEBRAE/RS é tornar esse evento frequente, o que eu acho ótimo pois além de aproximar a indústria e o varejo gaúchos, promove parcerias e bons negócios, estimula novos empreendedores, empresários e profissionais e gera conhecimento.

Fotos desfiles e auditório: Cris Piuga